5 Dicas para Recomeçar uma Carreira Musical

Escrito por Vinicius Soares

Nem sempre as coisas saem como planejado, nem sempre aquilo que sonhamos acontece no tempo esperado. Quando um artista constata que sua carreira não está trazendo o retorno que planejou, quando o esforço pra mostrar ao mercado sua música não é recompensado, é importante que se faça uma análise para buscar corrigir erros e em alguns casos, alterar por completo o direcionamento do trabalho.

Recomeçar.

Eu acredito que o “fim” não existe pra quem possui a vocação da música no sangue. Mas, o recomeço é inevitável muitas vezes. É importantíssimo que o músico fique de olhos abertos para isso. Se você vive esse momento, essas dicas podem te ajudar a seguir em frente sem olhar pra trás:

1 – Reveja seu Trabalho Autoral

Seu trabalho autoral possui uma assinatura diferenciada? Quando ouvem suas músicas, as pessoas acham referências musicais conhecidas, mas, percebem que existe uma singularidade? Seu disco soa diferente do que está sendo tocado? Se sua resposta é não, você deve reavaliar a direção autoral da sua carreira.

Vivemos a “era da padronização”. Mesmo com a internet à disposição e tanto acesso ao novo, é comum vermos mais e mais músicos adotarem o “padrão” como forma de gerar seus conteúdos musicais. É a linha melódica que ele gosta daquele grande artista, a mix que ouviu daquele álbum conhecido. Todas essas referências (compartilhadas e consumidas pela maioria) acabam sendo alimento pra criação de um novo trabalho que soa como “batido”, já experimentado.

Procure novas referências fora de sua zona de conforto, conheça novas culturas, novos estilos musicais, novas informações. Sua música reflete exatamente o que você está consumindo em um determinado momento.

2 – Tenha uma equipe de apoio

Você não pode fazer tudo sozinho. Ser um artista independente não significa cobrar o escanteio e cabecear para fazer o gol, pelo menos não toda a vida. Cerque-se de pessoas que acreditem no seu trabalho e possam te ajudar tendo uma expectativa de retorno.

Se você está recomeçando, provavelmente tem o contato de pessoas que ao longo de sua caminhada se mostraram profissionais em campos que você tem grande necessidade. Faça uma proposta de trabalho com metas de ganhos e alcance a essas pessoas. Certamente você reterá talentos que, acreditando no seu potencial, aceitarão investir seu tempo na sua carreira, afinal, a partir de então eles serão parte disso também.

3 – Invista pesado em Marketing Digital

Se você já possui um trabalho diferenciado, ele não pode morrer dentro do seu computador ou nas 1.000 cópias que você prensou. Um dos grandes erros de muitos artistas está no medo de investir com força na divulgação do seu trabalho. A internet além de ser o canal com maior alcance e possibilidades de segmentação, é o mais barato.

Conheça sobre o assunto, é importante que o artista tenha as noções de boas práticas no marketing digital musical e comece a usar esse conhecimento a seu favor. Com o tempo e resultados, a contratação de um profissional para liderar sua estratégia digital será possível.

4 – Identifique suas Fontes de Receita

Você não deve recomeçar pensando apenas em tocar na rádio, TV e fazer shows. Um músico é uma empresa e seu trabalho artístico, a moeda de troca. É vital que você saiba quais as fontes de receita que seu trabalho irá gerar.

Por exemplo, se você está com um trabalho autoral pronto para ser lançado, quais produtos derivados podem surgir disso? Merchandising, Trilhas para Sincronizar em Publicidade, Cerveja, Apoio Virtual on Line (Patreon, Apoia-se) ?

Se você não tem essas informações detalhadas, não se arrisque em queimar seu trabalho de novo.

5 – Não tenha medo de arriscar

Não existe zona segura em lugar algum desse mundo. Estabilidade não existe. Me lembro bem que sempre se ouvia a frase “busque sempre um emprego público, estável.” Qual não está sendo a supresa nos últimos tempos quando vemos empresas públicas demitindo funcioários concursados?

O que quero dizer é que a carreira musical  requer um espírito empreendedor, destemido e tem tantas chances de acontecer e remunerar bem um artista como qualquer outro trabalho, desde que do outro lado exista uma pessoa que não tenha medo de arriscar.

Se o seu sonho é fazer o que realmente gosta e não passar sua vida relembrando o que “poderia ter feito e não fez”, arregace as mangas, não ouça as vozes negativas (que não pagam suas contas) e trabalhe pesado, focado no seu objetivo.

Não conheço ninguém que tenha se arrependido de ter feito isso. No entanto, é incontável o número dos que dariam de tudo pra voltar no tempo e ter a oportunidade de arriscar novamente.

No final, a escolha é sempre nossa.

Sobre o autor

Vinicius Soares

Vinicius Soares é músico profissional, consultor de Marketing Musical, palestrante e criador da Palco Digital, marca que dá nome a um site, uma empresa de consultoria e um curso online focado em estratégia digital que já impactou quase 1.000 músicos dentro e fora do Brasil.

Já palestrou em grandes eventos do mercado ao lado de marcas como Vevo, Napster, Catarse, CDBABY dentre outras. Foi vencedor do Prêmio Profissionais da Música, uma das principais premiações do mercado musical brasileiro e fez parte de um dos painéis oficiais do Social media Week, maior evento sobre mídias sociais da América Latina.

3 Comentários

Deixe seu comentário